Home > Notícias > Casa da Menina e Civap oferecem capacitação sobre Assistência Social e Educação às entidades

A Casa da Menina “São Francisco de Assis” promoveu no sábado (5), o curso CEBAS, em parceria e realização da JGA Treinamentos, contando com suporte do Civap – Consórcio Intermunicipal do Vale do Paranapanema -, alcançando diversas entidades do município.
O encontro tratou sobre os “Principais Aspectos para o deferimento nas áreas de Assistência Social e Educação”.

A JGA Treinamentos realiza cursos, seminários e palestras com foco no Terceiro Setor.

Com o curso, a proposta foi dar ênfase nos processos de concessão e renovação do Certificado de Entidade Beneficente de Assistência Social (CEBAS) nas áreas de Educação e Assistência Social, que confere às organizações da sociedade civil (OSCs) a imunidade das contribuições sociais, bem como prestação de contas.

O curso foi oferecido gratuitamente e ministrado no Civap, pelos instrutores da JGA Treinamentos, Vanda Monteiro Ribeiro e Jair Gomes de Araújo, das 9 às 14 horas, com a carga horária de 5 horas/aula.

O conteúdo programático explorou os seguintes temas: Aspectos Jurídicos: Estatuto Social, Tributos, Gestão e Parcerias com o Poder Público; Manifestação do STF sobre a Imunidade das Contribuições Sociais; Prestação de Contas: Documentação e Relatório Circunstanciados e Requerimento/Renovação do CEBAS: Principais Pontos e Aspectos Práticos.

A capacitação tratará de vários temas de interesse das OSCs, como institucionais e estatutários, tributários, gestão e parcerias com o poder público.

A instrutora Vanda Monteiro Ribeiro, que é Gestora de Filantropia, com especialização no Terceiro Setor. Tem participação ativa no 3º Setor há 20 anos e nos Conselhos Municipais de Direito da Criança e do Adolescente (CMDCA) de Assistência Social (COMAS). Como consultora, desde 2005, trabalha para entidades, com ênfase em planejamento, organização ou reorganização de processos internos, construção instrumentais e utilização de metodologias adequadas a cada caso, análise de bolsas de estudos e prestação de contas, elaboração de plano de ação e de projetos em consonância com a legislação vigente.

“Foi um curso bastante proveitoso, pois o grupo se mostrou extremamente participativo, bem atuante, suscitando várias questões importantes; lembramos que as entidades precisam estar atualizadas e isso agrega valor ao trabalho de cada instituição e, consequentemente, à prestação de serviços às pessoas em situação de vulnerabilidade; tentamos repassar aos participantes o maior número possível de informações, dando oportunidade também para que se manifestassem, pois esse diálogo é muito rico, pois tanto oferecemos, como recebemos, e saímos todos fortalecidos”, avaliou a instrutora.

Já o instrutor Jair Gomes de Araújo é Bacharel em Ciências Contábeis, e Pós Graduado em Administração de empresas. Contador Geral da Sociedade Brasileira São Camilo. Sócio-proprietário na empresa JGA Assessoria Contábil. É professor da Escola Aberta do Terceiro Setor. Presidiu o Conselho Municipal de Assistência Social de São Paulo – COMAS-SP, nos períodos de 2009-2010 e 2011-2012. Conselho efetivo do CRC-SP por duas gestões. Co-autor do livro “Dicionário do Terceiro Setor” Foi conselheiro efetivo do Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo no período de 1998 – 2005. É co-autor do livro “Dicionário do Terceiro Setor”, editado pela Editora Plêiade. Presidente do Sindicato dos Contabilistas de São Paulo – Sindcont – SP na gestão de 2014-2016.

“Tratamos sobre a importância do Terceiro Setor para melhoria das atividades oferecidas pelos municípios, através das entidades do consórcio; e esse conhecimento é fundamental para as instituições que prestam serviços relevantes à sociedade; com o curso, pretendemos colaborar com o nível e a melhoria das receitas e das ações sociais das entidades; foi um trabalho exitoso, pois no encontro, tivemos condições de capacitar diversas entidades dos municípios”, acrescentou Jair.

A atual presidente da Casa da Menina, Angela Canassa, agradece a JGA Treinamentos, pela capacitação, bem como ao Civap, na pessoa representante, Ida Franzoso, pelo suporte na realização do encontro.

Após o curso, que inclui material didático e certificado de participação.

 

(Texto e fotos: Nayana Camoleze)